Skip to Content

Blog Archives

Como realizar o controle de pragas em restaurantes

O controle de pragas em bares e restaurantes

O Controle de Pragas em restaurantes, panificadoras, bares e similares faz parte das boas práticas nesses setores. Esses locais devem adotar o procedimento mensalmente, trimestralmente ou semestralmente, porém a periodicidade dos serviços de controle de pragas variam de cada estado. Esses procedimentos são regidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que podem ser encontradas no manual técnico de boas praticas para serviços de alimentação,  RDC nº 216.

 

A ANVISA e o Controle de pragas em áreas alimentícias

A ANVISA é responsável pela fiscalização em relação as boas praticas, assim como a Vigilância Sanitária. A ANVIS diz que pragas urbanas são considerados quaisquer animais que possam significar algum tipo de risco para o local. Insetos, roedores e outros animais podem ser vetores de doenças, além é claro de comprometer a qualidade dos alimentos. Existem diversos casos de insetos que infestaram cozinhas comprometendo a qualidade dos alimentos além de contaminar os alimentos, assim como existem casos de roedores. Por esses motivos que os proprietários de restaurantes, bares, padarias e outros devem se preocupar e realizar com freqüência os serviços de controle de pragas.

Em uma cozinha deve-se sempre estar atento a presença de pragas.Muitas empresas possuem contratos no qual é realizado um monitoramento mensal por empresas controladora de pragas (dedetizadora). As empresas poderão detectar quaisquer indícios da presença de insetos e roedores e resolver o problema o mais rápido possível. Para evitar a presença de pragas esses estabelecimentos devem adotar procedimentos como limpeza reforçada, telas em janelas e outros para evitar a circulação de insetos e roedores.

 Como evitar a proliferação de pragas urbanas em áreas alimentícias

 

Primeiramente é necessário que o local adote procedimentos como limpeza após jornada de trabalho, deixando o local livre de detritos que pode ser alimento para baratas e formigas. Nas portas o recomendado borracha para vedação da parte inferior das portas, utilizar ralos que possam ser fechados ou vedados, evitando assim a entrada de insetos.Outro fator importante é verificar se existem rachaduras nas paredes, azulejos e outros, pois frestas podem servir de abrigo para diversas pragas, principalmente baratas e formigas.

Outro fator importante é avaliar as mercadorias que chegam, pois muitas vezes elas podem estar abrigadas em caixas de papelão, caixas plásticas e outros utensílios. Mesmo como todos esses cuidados é necessário a contratação de uma empresa especializada em Controle de pragas, ou seja uma empresa dedetizadora.

A Biofly controle de pragas, atua na Grande Florianópolis, prestando serviços de desinsetização, desratização, descupinização e outros serviços que empresas dedetizadoras realizam.

READ MORE

Baratas – Saiba como evitá-las com a chegada do verão

Baratas são um perigo para a saúde

As baratas são consideradas pragas urbanas e causam um grande desconforto a diversas pessoas. Além de causar náusea, desconforto e repugnância para muitas pessoas as baratas também transmitem diversas doenças, podendo contaminar nossa comida sem que nos demos conta.

Com o aumento da temperatura, torna-se mais frequente o aparecimento das baratas, pois é quando esses insetos se proliferam mais.

No mundo existem mais de 4.000 espécies de baratas, porém apenas 1% destas espécies infestam o ambiente urbano. As principais espécies no meio urbano são as baratas germânicas (BlatellaGermaninca)e a barata de esgoto (Periplaneta Americana). Essas espécies possuem hábitos bem diferentes e não costumar habitar o mesmo “esconderijo”.Elas costumam se esconder em frestas, fogão, gavetas, forros, caixa de gordura, motor de geladeiras, entre outros locais

As baratas são insetos de hábito noturno. Caso você as encontre durante o dia, são grandes as chances de que o seu ambiente está com um nível de infestação elevado.

Qual a diferença de barata germânica e barata de esgoto (americana)?

A Blatella Germânica é conhecida por barata germanica, barata de cozinha, francesinha, paulistinha e outros nomes.Essa espécie costuma produzir uma ooteca a cada 20 ou 25 dias, sendo que cada ooteca contém de 18 a 48 ovos. O tamanho da barata germânica varia entre 1,5 a 2,00 cm. As Blatella Germânicas são comumente encontradas em restaurantes, supermercados, apartamentos entre outros locais. Essas baratas são menores que as baratas de esgoto e possuem outros hábitos. Essa espécie utiliza como abrigo, caixas de papelão, gavetas, conduítes elétricos, motores de equipamento de cozinha, frestas em azulejos, forro e outros.

A Periplaneta Americana é a espécie mais comum no Brasil. Essa espécie é conhecida como barata de esgoto ou voadora. A barata de esgoto deposita a sua ooteca em um lugar seguro, diferentemente da Blatella Germânica que carrega consigo.Cada ooteca dessa espécie tem em média 13 ovos. Essa espécie possui asa, porém ela não consegue voar longe. O tamanho dela varia de 2,4 a 4 cm quando adulta.Essas baratas procuram abrigo em locais com pouca luz e que sejam quentes, como caixa de gordura, caixa de passagem, galerias de água pluvial entre outros locais.

Como evitar a infestação das baratas em sua casa ou comércio

Para evitar a infestação desses insetos em sua casa ou comércio é necessário tomar algumas medidas preventivas e corretivas. O primeiro passo é limitar a oferta de alguns elementos que atraem o seu aparecimento: detritos de alimentos, água e acesso.

A limpeza do ambiente é outro fator fundamental para manter esses insetos longe. O manejo do lixo deve ser feito de forma correta, retirando-o durante a noite e o colocando na lixeira na área externa. As lixeiras com tampas evitam a entrada de insetos e impedem que o odor se prolifere pelo ambiente externo.

Um dos locais que as baratas mais utilizam para entrar no local são os ralos, por isso é necessário a colocação de ralos abre/fecha, assim é possível abrir somente na hora do uso, evitando assim a entrada de baratas por esse meio.

O vedamento de vãos também é muito importante, uma vez que baratas estão no ambiente externo. As portas podem ser vedadas com lâminas de borracha (rodinho). Caso o local tenha azulejos quebrados, o recomendado é a troca ou a vedação dos mesmos, pois essas frestas servem de esconderijo para essa praga urbana.

Mesmo tomando todos esses cuidados pode ocorrer o aparecimento das baratas. Para acabar de vez com esse problema o recomendado é contratar uma empresa controladora de pragas (dedetizadora).

Para eliminar a infestação é necessário encontrar o foco, uma empresa especializada saberá como agir de acordo com o ambiente, tomando as atitudes necessárias para realizar o controle de baratas. Realizando uma pulverização com um produto de qualidade, o ambiente poderá ficar protegido por até seis meses.

Se você estiver procurando uma dedetizadora de confiança, entre em contato com a Biofly e faça um orçamento.

.

READ MORE

Como evitar a proliferação de roedores em residências e comércios

Os roedores são umas das pragas que são mais temidas pelas pessoas, pois transmitem diversas doenças e apresentam um aspecto nojento. Existem milhares de espécies de roedores, porém apenas três espécies conseguiram se adaptar as zonas urbanas, sendo assim, essas espécies são consideradas pragas urbanas.  As espécies encontradas são os Camundongos (Mus Musculus),Rato de Telhado ou Rato de Forro (Rattus Rattus) e a famosa e grande Ratazana (Rattus Novégicus).

Com a chegada do inverno o número de ratos parece que se multiplica, pois é muito mais comum a população enxergar roedores (camundongos, ratos de telhado e ratazanas). A verdade é que os roedores são vistos com mais freqüência pois eles buscam alimento e abrigo. Esses roedores (camundongo, rato de telhado e ratazana) invadem locais como supermercados, padarias, queijarias, restaurantes, casas entre outros estabelecimentos em busca de alimentos.

Ações para evitar a proliferação de roedores

Por isso é muito importante realizar ações corretivas e preventivas para evitar a infestação desses roedores. Os especialistas da Biofly sugere algumas dicas que ajudará você a manter os roedores afastados do seu ambiente, seja residencial ou comercial, procure avaliar o ambiente externo e interno do local para ver se não possui entulhos que sirvam de abrigo, como tijolos, telhas, madeiras e outros. Outra dica importante é sempre limpar os locais onde os animais domésticos se alimentam, pois restos de ração ou de comida, irão atrair a presença de roedores. Também tenha bastante cuidado com o lixo orgânico, não deixando detritos de alimentos expostos.

Caso você já venha enfrentando problemas com ratos e camundongos, indica que já existe uma infestação no local, sendo assim, contrate uma empresa especializada para realizar o serviço de desratização, fazendo um controle de pragas adequado e eficiente. Antes de contratar a empresa, informe-se para saber se ela está devidamente licenciada pela Vigilância Sanitária para atuar na área de controle de pragas. Um serviço mal executado poderá piorar o problema, pois ao invés de acabar com a infestação poderá ocorrer o efeito bumerangue.

Procurando uma dedetizadora de confiança na Grande Florianópolis e região? Saiba mais sobre como podemos resolver o seu problema.

 

Entre em contato a Biofly e solicite um orçamento

READ MORE

A importância da dedetização em restaurantes e áreas alimentícias

A dedetização em restaurantes (Controle de pragas) é fundamental para que esses locais permaneçam livre de pragas e vetores. As áreas alimentícias são locais propícios para proliferação das pragas, pois essas buscam água, alimento e abrigo para sua sobrevivência. O controle de pragas está aliado as medidas preventivas que devem ser tomadas pelos restaurantes, bares, padarias, açougues e outros. Essas medidas são essenciais para que a estratégia de controle de insetos, roedores e outros se tornem eficiente.

O Regulamento Técnico de Boas Práticas para Serviços de Alimentação da ANVISA recomenda que os serviços de alimentação devem ser livre de pragas e vetores. Abaixo destacamos o trecho da RDC 216/04 sobre a questão:

4.3 Controle Integrado de Vetores e Pragas Urbanas
4.3.1 A edificação, as instalações, os equipamentos, os móveis e os utensílios devem ser livres de vetores e pragas urbanas. Deve existir um conjunto de ações eficazes e contínuas de controle de vetores e pragas urbanas, com o objetivo de impedir a atração, o abrigo, o acesso e ou proliferação dos mesmos.
4.3.2 Quando as medidas de prevenção adotadas não forem eficazes, o controle químico deve ser empregado e executado por empresa especializada, conforme legislação específica, com produtos desinfestantes
regularizados pelo Ministério da Saúde.
4.3.3 Quando da aplicação do controle químico, a empresa especializada deve estabelecer procedimentos pré e pós-tratamento a fim de evitar a contaminação dos alimentos, equipamentos e utensílios. Quando aplicável,
os equipamentos e os utensílios, antes de serem reutilizados, devem ser higienizados para a remoção dos resíduos de produtos desinfestantes.

As empresas que realizam o serviço de dedetização (Controle de Pragas) devem orientar o responsável pela área operacional do local que está sendo tratado sobre as medidas preventivas como por exemplo a utilização de ralos abre/fecha, telas nas janelas entre outras questões que deverão ser analisadas e abordadas pelo técnico responsável da empresa controladora de pragas urbanas. A higienização dos locais é fundamental para manter o ambiente livre de pragas, por isso que o empreendedor deverá seguir a normativa sobre boas praticas da área de alimentação.

Vale ressaltar que é necessário que o local contrate uma empresa especializada e que possua licença para executar esse tipo de serviço.

A dedetização em restaurantes deve ser realizada com que frequência?

A dedetização (controle de pragas) em restaurantes e outras áreas alimentícias como padarias, lanchonetes, cozinhas industriais, refeitórios e outros devem contratar uma empresa especializada na área de controle de pragas (dedetização) para realização do serviço. A escolha da empresa deve ser feita com cuidado, pois existem diversas empresas que operam ilegalmente sem a licença necessária para a realização dos serviços de controle de pragas. As empresas especializada possuem técnicos treinados, produtos registrados no ministério da saúde, técnicas adequadas, responsável técnico (Eng. Agrônomo, Biólogo, Químico ou outro profissional o e outros profissionais que possuam nas atribuições do conselho de classe respectivo, competência para exercer tal função), registro no conselho do profissional, licença ambiental, alvará da vigilância sanitária entre outros documentos obrigatórios.

As áreas alimentícias precisam realizar um contrato com uma empresa dedetizadora (controle de pragas), de acordo com determinações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, (ANVISA) os proprietários de cozinhas industriais, padarias, restaurantes, lanchonetes,cafés, entre outros precisam ter um plano de ação contínua que previna a atração, acesso ou proliferação deles. O controle de pragas (dedetização) deve ser realizado por uma empresa especializada com uma freqüência trimestral ou semestral, porém o ideal é realizar o serviço mensalmente, evitando assim novos focos.

A Biofly está sempre pronta para atender as suas necessidades. Entre em contato conosco para realizar um orçamento.

READ MORE

Dedetização: como acabar com as baratas germânicas (Alemã)

Existem diversas espécies de baratas no mundo, elas podem ser classificadas em dois grupos, as Baratas silvestres que são a maioria e vivem em florestas e as Baratas domiciliares que vivem nos centros urbanos conta com aproximadamente 35 espécies. Dentre essas 35 espécies existem 4 espécies que aparecem em abundância nos centros urbanos, a Blatella germânica (Barata germânica ou alemã), Periplaneta americana (barata americana ou barata de esgoto que é a mais comum no Brasil), Blatta orientalis (barata oriental) e a Supella longipalpa (barata de listras marrom).

Conhecendo um pouco mais sobre as Baratas Germânicas

A Blatella germânica ou barata alemã é a menor das espécies que habitam os centros urbanos, possui uma coloração castanho claro, com duas faixas amarela no pronoto. Ela mede em torno de 1,5 a 3 cm, elas se abrigam em locais principalmente em frestas, fendas, conduítes, gavetas ou no interior de utensílios. As áreas de manipulação de alimento estão mais propensas para infestação da baratas germânicas, elas passam muitas vezes despercebidas, pelo fato de serem pequenas e se alojarem em locais escuros, úmidos e de difícil acesso. Essa espécie vive por cerca de um ano e são capazes de produzir cerca de 6 a 10 ooctecas (cápsulas onde estão os ovos, cerca de 28 dias até que os ovos eclodam e elas conseguem sobreviver em média de 8 dias sem se alimentar, desde de que haja água no local. A Blatella germânica tem como preferência alimentar matéria orgânica como alimentos doces, gordurosos, queijos, cervejas e outros.

Como acabar com as baratas germânicas e outras

Atualmente as empresas mais capacitadas da área de controle de pragas (dedetizadoras) possuem técnicas, produtos e equipamentos avançados para poder manter o ambiente livre de pragas. Para combater essas pragas, primeiramente é necessário realizar a contratação de uma empresa idônea que possui profissionais capacitados para exercer a função. Realizando a contratação o profissional examinará o local a fim de encontrar possíveis focos (ninhos), que normalmente são em eletrodomésticos, motor de geladeira, gavetas, frestas em azulejos e paredes, armários e outros. Após a realização da identificação do possíveis focos é necessário traçar um plano de ação para avaliar a quantidade de veneno que deverá ser utilizada e quais serão os métodos de aplicação. Geralmente para ter um resultado mais eficaz é necessário três tipos de aplicação, sendo elas: aplicação em pó em lugares de difícil acesso, pulverização e aplicação de gel.
Outra questão importante para manter o ambiente livre dessas baratas são as medidas preventivas, um bom profissional irá orientar o cliente a realizar as mudanças necessárias no local que possivelmente pode estar ocasionando o aparecimento das pragas.
A garantia desse serviço varia de 03 a 06 meses. A garantia correta vai depender da análise técnica do local. A melhor forma de manter as pragas afastadas do local é realizar um contrato anual com uma dedetizadora com visitas mensais, trimestrais ou semestrais, assim a empresa conseguirá fazer um melhor controle, realizando a manutenção em datas especificas.

Algumas das medidas preventivas são:
– Manter o ambiente limpo e seco.
– Guardar os alimentos, nunca os deixando expostos.
– Realizar com frequência de no mínimos 6 meses o serviço de desinsetização.

Para saber mais, entre em contato com a Biofly e realize um orçamento de acordo com a sua necessidade.

READ MORE

Você conhece as principais Pragas Urbanas?

Pragas Urbanas – Saiba quais são as principais pragas

Baratas – Algumas espécies de baratas são consideradas pragas urbana, sendo um dos um dos insetos mais antigos do planeta terra. Existem mais de 3.500 espécies de baratas que ocupam habitats terrestres e aquáticos. Apenas 1% dessas espécies infestam os ambientes urbanos, no caso, essas são classificadas como pragas urbanas.
As baratas que habitam os centros urbanos, normalmente se procriam no inverno, porém são vistas com mais facilidade durante as épocas mais quentes. Isso acontece porque as baratas durante o inverno ficam em abrigos mais quentes, como caixa de gordura, tubulação, esgoto e outros.
As baratas se proliferam muito rápido e possuem alta resistência às variações climáticas, elas se alimentam de tudo, seja de origem vegetal ou animal, como lixo e detritos de comida. Elas são consideradas umas das pragas urbanas mais repugnantes.
As principais espécies de baratas que estão em nosso meio são Blatella germanica (barata-de-cozinha) e a Periplaneta americana(barata-de-esgoto).
Blatella germanica – Essa é uma espécie pequena que vive no centros urbanos, principalmente em ambientes,como cozinhas que são o seu local preferido, elas se disseminam entre gavetas, cantos, armários. De animais mortos, lambe as exudações e pode adquirir germes nocivos ao humano, ao qual transmite pela contaminação de alimentos e utensílios.

Periplaneta americana: Essa é a espécie de maior porte e mais comum, infesta todo tipo de construção, nas quais prefere concentrar-se em latrinas, fossas e esgotos, onde encontra seu habitat mais próprio e suas principais fontes de alimento, o que nunca a impede de avançar sobre outras áreas próximas. Outra fonte de alimento são cadáveres de animais de qualquer porte, onde também pode adquirir microorganismos patogênicos, dos quais se torna transmissora.

Ratos, camundongos e ratazanas – Existem três espécies de roedores que causam diversos danos materiais e podem disseminar diversas doenças, mas antes de falar dessas espécies é importante ressaltar que os roedores adaptaram-se muito bem ao jeito de viver do homem, tornando-se uma praga difícil de eliminar.Os roedores se reproduzem muito rápido, algumas espécies podem se reproduzir com apenas 75 dias de vida. Dentre as espécies mais comuns estão o Camudongo (Mus muscullus), Ratazana ou rato de esgoto (attus norvegicus) e o Rato de Forro (Rattus Rattus).
Ratazanas– Essa é a espécie considerada a mais perigosa das pragas urbanas da classe dos roedires, eles tem habilidades como nadar e escavar.Essa espécie vive nas redes de esgoto ou em tocas, normalmente a noite saem à procura de alimentos, para isso penetram em casas, restaurantes e outros. Esses roedores contaminam os ambientes e alimentos através da sua urina e fezes, podendo transmitir peste bulbônica, salmonelose, tifo murino e outras.
Rato de Forro – Essa espécie normalmente habitam as partes mais altas de residências e edifícios e áreas portuárias,eles possuem ótimas habilidades para se equilibrar e escalar. Os ratos de forro, se alimentam de frutas, raízes, legumes, insetos e outros e podem atingir um tamanho de 16 a 21cm. Os ninhos dessa espécie normalmente são em sótãos, sacarias ou até mesmo em porões de navio.
Camundongo – Essa é a menor espécie dentre esses roedores citados, eles habitam o solo, porém também tem habilidades para escalar paredes e outros. Eles costumam construir seus ninhos em móveis, gaveteiros,estantes e outros lugares com pequenos orifícios, costumam construir seu ninho em média de 10 metros de distância da fonte de alimento.
Essas espécies de baratas e roedores são as mais conhecidas, existem diversas outras espécies de insetos , artrópodes e roedores que são consideradas pragas urbanas.
Para combater as pragas urbanas, contrate uma empresa especializada nesse tipo de serviço.

Para saber mais, entre em contato com Biofly e realize um orçamento de acordo com a sua necessidade.

READ MORE

Controle de pragas – Realize esse serviço no seu condominio

Motivos para realizar serviços de controle de pragas em condomínios

Durante os meses mais quentes, principalmente no verão, é mais comum a proliferação de insetos, como: baratas, formigas, moscas, mosquitos e outras pragas, por isso é necessário realizar o serviço de controle de pragas.
A falta de cuidado de muitos locais com o descarte de resíduos favorece a proliferação e infestação de baratas, moscas, roedores e outras espécies que apresentam risco à saúde dos moradores.
Alguns condomínios também apresentam infestações de baixo e alto grau, isso pode ser solucionado por uma empresa de controle de pragas.
Os cupins podem trazer sérios danos físicos para o empreendimento, por isso é necessária uma ação para eliminar essas pragas.
Apesar de parecer um serviço simples de ser realizado por um funcionário do condomínio, o serviço de controle de pragas deve ser realizado por empresas especializadas que possuem profissionais treinados (habilitados), assim utilizando as técnicas mais adequadas para cada situação, considerando que o mais importante é a saúde dos moradores.
O uso inadequado de inseticidas ou raticidas pode prejudicar a saúde dos condôminos, por isso certifique-se de contratar uma empresa séria, que ofereça serviços de qualidade.

Como manter o ambiente livre de pragas urbanas

Um fator muito importante para manter o ambiente livre de pragas são as questões higiênicas. É necessário que os ambientes estejam o mais limpo possível, sem resíduos de alimentos em frestas; os lixos do condomínio devem ser bem armazenados em recipientes com tampas, o local e os recipientes devem ser desinfetados com frequência. Essas são algumas medidas preventivas que ajudarão a manter as pragas longe, porém é necessário contratar uma empresa especializada em controle de pragas para poder identificar todas as medidas que devem ser tomadas.
O mais recomendado para os condomínios é contratar os serviços de controle de pragas semestralmente ou realizar um contrato anual, assim a empresa se responsabilizará pelo monitoramento mensal, evitando assim uma nova proliferação de insetos e roedores.
As empresas que cumprem as exigências legais devem oferecer garantias dos serviços prestados, alguns tem garantia de seis meses, mas isso depende qual a praga-alvo que está sendo combatida. A pulverização para baratas por exemplo tem uma garantia de até seis meses.
A empresa contratada, deverá passar todo o tipo de informação sobre a dedetização e desratização para o condomínio, assim como explicar por quanto tempo a área deve ser isolada para evitar a infecção de animais ou humanos.
Não deixe que os condôminos tenham a saúde prejudicada por causa de pragas urbanas, contrate uma empresa especialista no assunto.

Entre em contato com a Biofly e solicite um orçamento dos nossos serviços.

READ MORE

Cupins – Descubra como eliminar essas pragas

Cupins – Saiba mais sobre essas pragas urbanas

No Brasil é possível encontrar mais de 300 espécies de cupins, sem contar as espécies exóticas, que vieram de outros continentes e se adaptaram ao clima do nosso país. Mesmo existindo uma grande quantidade de espécies de cupins, poucas se adaptaram aos centros urbanos.
Os cupins causam inúmeros prejuízos, eles são conhecidos por se alimentarem de celulose, papeis, madeiras e outros materiais.Pouca gente sabe, mas os cupins podem desgastar lentamente concreto, alumínio, chumbo, e plástico, isso tudo para chegar até a madeira ou materiais celulósicos.

Cupins – As espécies urbanas

As principais espécies de cupins encontradas nas áreas urbanas são os cupins subterrâneos e os cupins de madeira seca.
Os cupins de madeira seca (Criptothermes) tem seus cupinzeiros geralmente embutidos nas peçass de madeira, esses cupins apresentam cupinzeiros menos complexos e com menor números de pragas se comparado aos cupins de solo. Os sinais de infestação podem ser detectados por meio de tuneis visíveis na superfície da madeira ou um pó granulado sobre os moveis ou no chão.
Os cupins subterrâneos são conhecidos pelos estragos que podem causar, essa espécie é de origem asiática e foi introduzida no Brasil entre 1920 e 1930, provenientes de cargas contaminadas que chegaram nos portos Brasileiros. Sua erradicação total é bastante difícil, por isso é necessário a contratação de profissionais experientes para realizar o tratamento adequado. Os fundamentos do combate e controle do cupim de solo baseiam-se na eliminação da rainha, a térmita mãe, a única fêmea fértil da colônia. Normalmente o cupinzeiro está localizado no subsolo próximo a residência, condomínio ou áreas adjacentes. Eles também podem ser localizados no interior de tijolos com furos ou no sótão da casa.
Esses cupins também atacam paredes e pisos, podendo danificar tomadas,interruptores e outros. Os ninhos são construídos em meio ao reboco das paredes e tijolos e seus túneis podem acompanhar pequenas reentrâncias e até mesmo conduítes por onde passam as fiações elétrica e telefônica.

Descupinização – Como se livrar dos cupins

Atualmente existem diversas técnicas para eliminar com os cupins. Para realizar o serviço de descupinização é primeiramente necessário identificar a espécie do cupim para adotar o tratamento mais correto. Existem diversas formas de realizar um controle através de métodos de barreira física, química, iscas, fumigação por calor, injeção ou pulverização localizada de inseticidas.
Devido a esses fatores, certifique-se de contratar uma empresa que entenda do assunto, que possua profissionais devidamente qualificados para realizar o serviço de controle de pragas urbanas.

Entre em contato com a Biofly e solicite um orçamento dos nossos serviços.

READ MORE

Dedetização: Saiba como eliminar as baratas

 

Baratas – Principais doenças transmitidas por esse inseto

Grande maioria da população tem pavor de baratas, pois esse inseto está associado a diversas doenças, pois elas vivem em lugares contaminados, como esgotos. Os edifícios e casas mais antigas estão normalmente mais propícios para abrigar essas pragas, pois os encanamentos são mais antigos entre outros fatores que favorecem a proliferação destes insetos.

O principal perigo são as doenças transmitidas pelas baratas, entre elas estão a Hepatite, que ocorre através da ingestão de água ou alimentos contaminados. As baratas também transmitem doenças mais conhecidas como, tuberculose, infecções urinárias e outras.

Devido a esses fatores, é muito importante ficar atento ao aparecimento de pragas urbanas, para tomar as medidas necessárias.

 

Medidas preventivas para o controle de baratas

O primeiro passo para evitar as baratas e outros insetos rasteiros é o bloqueio do acesso ao imóvel,como vedação dos ralos com o mecanismo (abre e fecha), colocação de telas nas janelas, inserção de lâminas de borrachas para vedação da parte inferior das portas.

Veja abaixo algumas outras medidas preventivas:

  • Manter alimentos guardados em recipientes fechados.
  • Conservar armários e despensas fechados, sem resíduos de alimentos.
  • Verificar periodicamente, frestas e cantos de armários e paredes.
  • Recolher restos de alimentos e qualquer outro tipo de lixo em recipientes adequados.
  • Remover e não permitir que sejam amontoados: caixas de papelão e lixo em locais não apropriados.
  • Manter caixas de gordura e galerias bem vedadas.
  • Colocar tampas em ralos não sifonados.
  • Colocar borracha de vedação na parte interior externa das portas.
  • Manter bem calafetados as junções de revestimentos de paredes e pisos.
  • Ficar atento com os tetos rebaixados.
  • Limpar periodicamente a parte posterior de quadros ou painéis.
  • Remover e destruir ootecas (ovos de baratas).
  • Excluir a prática de fazer pequenos lanches na mesa de trabalho, protegendo os teclados dos computadores das migalhas de pão, biscoitos, etc…
  • Providenciar a vedação ou selagem de rachaduras, frestas, vasos, fendas, que possam servir de abrigo para as baratas.
  • Praticar limpezas úmidas totais, tantas vezes por dia quanto necessário para manter desengordurados, pisos, coifas, fogões e maquinários.

 

Procure uma empresa especializada em dedetização ( Controle de Pragas )

O manuseio de produtos químicos por pessoas que não possuem treinamento ou mesmo a utilização de produtos de baixa qualidade pode acarretar sérios problemas tanto para as pessoas que frequentam o local como para os animais domésticos, por isso procure por uma empresa que trabalhe com produtos de qualidade e que possua um técnico responsável credenciado no Conselho de Biologia, Química ou outro conselho habilitado pela ANVISA.

Para realizar um controle de pragas adequado, ou seja eliminar as baratas, é necessário que um técnico avalie qual o melhor método e produtos que devem ser utilizados em cada caso.Através do método de pulverização os resultados são imediatos e o efeito do produto tem aproximadamente de 3 (três) a 6 (seis) meses de duração (dependendo da frequência das limpezas e produtos utilizados). A maioria dos produtos químicos utilizado por empresas responsáveis, não são tóxicos para seres humanos e mamíferos

 

Entre em contato com a Biofly e solicite um orçamento dos nossos serviços.

READ MORE

Altas temperaturas favorecem a  proliferação de escorpiões

Escorpiões são mais comuns no verão

A maioria da população que vive nos centros urbanos acredita estar livre de algumas pragas, entretanto durante o verão aumenta gradativamente o índice de acidentes relacionados a escorpiões, pois é o período em que eles se reproduzem.

Existem diversas espécies de escorpiões no Brasil, porém o que mais preocupa é o escorpião amarelo  (Tytius serralatus), pois esse é o escorpião mais perigoso devido à quantidade de volume do seu veneno que pode ser injetado no ser humano.

O Centro de Zoonoses alertas os moradores do norte da ilha de Florianópolis sobre a presença dos escorpiões amarelos. Algumas notificações de acidentes foram registradas no norte da ilha, onde há uma presença maior desses artrópodes.

 

Escorpiões – Como evitar sua proliferação

Algumas medidas preventivas devem ser tomadas para que seja possível minimizar a proliferação dos escorpiões, entre elas estão a vedação dos ralos, eliminar entulhos, não acumular madeiras, telhas, tijolos e outros.  Além disso, manter o local limpo colabora na prevenção contra o aumento de escorpiões.

É preciso um programa de Controle de Pragas Urbanas, assim um especialista examinará a área, identificará a espécie, adotará as medidas corretivas e preventivas de acordo com o grau de infestação, avaliará como será feita a desinsetização e após estas etapas será possível fazer um acompanhamento para avaliar a eficácia do serviço.

 

O que fazer caso for picado por um escorpião

Em caso de uma picada de escorpião, deve-se entrar em contato diretamente com o  Centro de Informações Toxicológicas de Santa Catarina (CIT/SC), uma unidade pública de referência no Estado de Santa Catarina na área de Toxicologia Clínica, especializada em prover informações para o diagnóstico e tratamento de intoxicações e envenenamentos.

O CIT mantém um serviço de plantão 24 horas para informações específicas em caráter de urgência aos profissionais de saúde, principalmente médicos da rede hospitalar e ambulatorial e de caráter educativo/preventivo à população em geral, diretamente ou através de ligação gratuita pelo telefone 0800 643 5252.

 

Problemas com escorpião? Entre em contato com a Biofly e saiba como podemos ajudá-lo.

READ MORE